sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Pobre desejar felicidades? Para Casoy, isso é uma vergonha!!!



E os âncoras de TV de ultradireita - que nem de jornalistas deveriam ser chamados - são, eles sim, o mais baixo na escala do trabalho.

Chamar Boris Casoy de viado filho-da-puta seria uma ofensa grave aos boiolas e aos pobres dos filhos das moças do calçadão, então deixo de fazê-lo. Em vez disso, vejo o lado bom do acontecido: agora, todos já sabem a peça que esse falso sempre foi. Caiu a máscara, aliás acho que essa é a vibe dos tempos atuais.

Quem tiver estômago para a reportagem completa e o pedido de desculpas, é só clicar aqui. Infelizmente, não devem demitir esse bosta: precisam de gente sem pudor de sujar as mãos, para fazer algum tipo de cobertura parcial e grotesca das eleições.