quinta-feira, 26 de junho de 2008

IMBECIL TENTA SE FORMAR COM PICHAÇÃO

A "arte contemporânea" do rapaz


Que tipo de panaca preguiçoso chamaria seus amigos vândalos para horrorizar a faculdade onde, na qualidade de bolsista integral, ele está prestes a se formar? Que tipo de idiota acharia que isso seria aceito como Trabalho Final de Graduação, sob o argumento de ser a sujeira "uma intervenção para discutir os limites da arte e o próprio conceito de arte"? Como deve estar se sentindo a pessoa que decidiu dar uma bolsa de estudos em Artes Visuais para esse zé mané?

Emblemática a frase que o "artista" soltou quando era levado pela PM:

"Olha aí, registra, isso é um artista sendo preso."

A falta de talento é um mal que sempre esteve presente na "arte" contemporânea, mas tudo tem limite. Custava fazer alguma instalação imbecil, tipo gravata dentro de gaiola, para simbolizar algum protesto idiota, enrolar os professores e descolar um canudo para enfiar onde quisesse? Nem para ser um maldito pseudo o cara dá conta, o poço não tem fundo, que deprimente...

O saldo da operação: imbecis conduzidos à delegacia, uma secretária com a cara suja de uma rajada de spray, um carro arranhado e um edifício emporcalhado. Infelizmente esse tipo de coisa não dá mais cadeia, seria instrutivo que o ambiente carcerário conseguisse, em um único dia, aquilo em que a universidade fracassou durante o curso: expandir os horizontes do círculo cultural do rapaz.

Fonte: Folha