sábado, 2 de julho de 2005

- Quem se importa?
- Você quer pintar a parede com os miolos do moleque e pergunta “quem se importa”?
- É, porra, quem se importa!?
- Porra, isso não é certo!
- Peraí...você acabou de enrabar o moleque e gozar na cara dele. Fez ele passar a língua na tua porra com uma faca no pescoço dele. Vem me falar de certo e errado?!
- É isso aí! Os dez mandamentos não me proíbem de enrabar o moleque e gozar na cara dele! Mas me proíbem de matar ele! É pecado porra!
- E "não pecar contra a castidade"?
- Isso é comer mulher virgem antes de casar. Nunca fiz!
- Tá, foda-se. Você não se deu ao trabalho de vendar o moleque. Ele viu a cara da gente. Vou matar ele e enterrar no mato. Ainda bem que não registramos a entrada dele aqui.
- Tu quer matar, mata. Mas deus tá vendo que não tenho em minhas mãos o sangue desse inocente!
- Não, tu tem no teu pau. E eu também. Grande merda de diferença.

Cinco tiros na cara de um menino negro de oito anos de idade. Uma Kombi tipo furgão deixa para trás um edifício. Em sua fachada, a placa:

LAR DA CRIANÇA CARENTE PAPA JOÃO PAULO II - PARÓQUIA DA RUA 05
Este orfanato abriga 150 crianças sem pai nem mãe! Colabore!