terça-feira, 12 de julho de 2005

PQP

Nem meu próprio nome querem mais me deixar usar.

Sr. Leandro de Freitas, para piorar tudo, você ainda é de Brasília também, e tem um nome bastante parecido com o meu. Na verdade, Leandro, não é a primeira vez que você me causa problemas. Há mais de dez anos, quando estudava Inglês no C.I.L., eu achei que tinha sido reprovado, pois ia para um nível mais alto que o que você cursava na época, e em uma leitura rápida na listagem, confundi meu nome com o seu.

Não se preocupe. Como você é evangélico, jurista e gosta de música sertaneja (pelo que pude depreender de seu blog), mesmo com o nome parecido, a chance de sermos confundidos é mínima. De qualquer modo, vou mudar de novo meu nick.

Quis me livrar do "Corbusier" porque isso diz respeito a uma piada antiga do tempo da faculdade, que nada diz para 99% dos frequentadores do Buldozer, e também porque passava, para meus amigos arquitetos, uma imagem arrogante - que quem me conhece sabe que é falsa. Além disso, o Dogma 1,99 exclui a apreciação de trabalhos de portadores de diploma de curso superior, assim, prefiro não chamar muita atenção para isso. Então, acho que vou adotar uma corruptela de Leo Corbusier - Leo Corba - só para te deixar em paz. Viu como eu sou legal? Nunca vi tal nome antes. Acho que não vai ser problema dessa vez.

Só para deixar claro, estou ciente que os leitores desse blog não estão nem aí para tudo isso, e querem mais é que meu nome, nick ou o caralho que seja, tudo se exploda. Como eu também não estou nem aí para a opinião alheia, então estamos todos quites.