quinta-feira, 2 de junho de 2005

O GRANDE IRMÃO ESTÁ ENTRE NÓS



Resolveram, finalmente, monitorar pontos críticos da segurança no Rio de Janeiro, como a orla e as entradas de favelas, com câmeras de segurança. Infelizmente, o governo não seguiu todas as nossas instruções para resolver o problema da violência no Rio, mas pelo menos pintou esse contratinho para criar o sistema de monitoramento. Isso é bom, a Buldozer Corporation, mais uma vez, vai garantir o uísque das crianças do mês para a gente.

Com esse controle, vai ficar mais fácil prender bandidos, argentinos e cidadãos que atravessam o sinal vermelho em geral. Inclusive, dentro de uma abordagem holística, a Secretaria de Segurança do Rio resolveu investir em mais do que simplesmente prender os meliantes: fomos contratados também para modernizar todos os centros de tortura das delegacias cariocas. É um excelente contrato, não tão bom quanto o que pegamos do governo americano para instalar as máquinas em Guantánamo, mas muito bom.


Para maiores informações, clique aqui ou acesse o website de nossa representante na localidade.

É a Buldozer Corporation, mais uma vez, mostrando como é que macho constrói o futuro de um país.