quarta-feira, 26 de janeiro de 2005

A VIDA COMO ELA É


Bem, não a minha. Ainda bem, por sinal.